Artigo do Mês » Guia prático de Gerenciamento de Canaril

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

PODODERMATITE E SUAS CAUSAS

Imagem Ilustrativas
Imagem Ilustrativa

 Uma das doenças mais freqüentes na canaricultura tem sido a Pododermatite, que nada mais é que doença das patas vermelhas e inflamadas dos canários, que aterroriza os criadores de todo o mundo . “Podos” vem do grego e se refere as patas ou pés, “Dermatite” se refere aos processos inflamatórios da derme ou pele. » » Portanto quando dizemos “Pododermatite” nos referimos aquelas famigeradas inflamações nas patas dos canários ou de qualquer outra espécie aviaria. Quando falamos de “Pododermatite” as causas são as mais variadas possíveis, existem as de origem traumática, ou seja por pancadas, preensões, bicadas enfim.



» As causas tóxicas causadas por produtos químicos, por exemplo os criadores que costumam desinfetar poleiros com produtos diversos, as aves ao pisarem nos poleiros impregnados destes produtos podem desenvolver irritações nas patas que mais tarde se tornam “Pododermatite”.
Dentre as causas infecciosas existem Pododermatites causadas por vírus, neste caso temos como exemplo o Herpesvirus que pode causar proliferação das camadas córneas da pele levando ao quadro de patas grosseiras cheias de escamas altas e vermelhidão. É preciso ter cuidado ao diagnosticar as Pododermatites pois muitas vezes elas são muito parecidas, pois a mesma característica causada pelo Herpesvirus pode ser encontrada em casos de Sarna Knemidocóptica mais conhecida como sarna das patas das aves.
A sarna por sua vez é causada por um acaro da família Sarcoptide chamado de Knemidocoptes e pode causar grandes problemas em uma criação, pois se espalha com facilidade e pode abrir as portas para as bactérias causadoras da ododermatite mais importante em nosso meio.
» O Staphilococcus é causador numero um das pododermatites, é um gênero de bactérias presente em todas as peles de todos os animais inclusive do ser humano, normalmente fazendo parte da microbiota natural da pele, mas existem cepos de Staphilococcus patogênicos ou seja capazes de causar doença. Mesmo os Staphilococcus da flora também podem se aproveitar de lesões causadas por vírus, fungos, traumas, irritações por produtos químicos e instalar processos infecciosos nos canários e demais aves.
A Pododermatite que mais causa problemas na canaricultura é sem duvida a bacteriana e é muito importante perceber que ela esta intimamente relacionado com as outras causas citadas anteriormente ( vírus,trauma,produtos químicos e sarna). 
» A Podermatite bacteriana mais preocupante ao meu ver é aquela onde o criador usa excessivamente produtos desinfetantes e antibióticos constantes na ração ou água das aves. Muitos colegas criadores com medo de doenças como a “Pinta preta” e outras doenças fazem uso de tratamentos preventivos com antibióticos antes e durante o período reprodutivo. Isso é o erro mais grave que vem ocorrendo na canaricultura Mundial. Os antibióticos servem para tratar uma infecção bacteriana determinada, não são capazes de prevenir uma infecção, para isso existem as vacinas. Quando eu tomo um antibiótico, por exemplo, para uma infecção na garganta ele mata as bactérias que estão na garganta e também as que estão em outros lugares como intestino, pele etc, por essa razão muita gente tem diarreia quando toma antibiótico pois ele desequilibra a flora, matando bactérias benéficas. O problema é que cada antibiótico mata um tipo de bactérias e só “atordoa” outras, o que eu quero dizer é que quando colocamos terramicina na farinhada durante o período da criação talvez controlamos alguns problemas que surgem nos filhotes recém-nascidos porem causamos uma seleção genética, por exemplo, nas bactérias das patas dos canários. Estas por sua vez podem se tornam muito poderosas e causar infecções monstruosas das patas que podem evoluir até aos tecido mais profundos como por exemplo a articulação das patas.
È nesse momento que a Pododermatite vira a “ Bumble foot”, doença muito grave e de difícil recuperação. A “Bumble Foot” seria a Pododermatite gravíssima, pois a infecção sai da pele e vai para os tecidos mais internos de modo que ave pode evoluir para um quadro de infecção sistêmica com complicações nos órgão internos (rins,fígado, coração) incorrendo na morte da ave.
--
» A moral da história é que devemos sempre ter um bom diagnostico para sim podermos iniciar um tratamento eficaz, que seja correto para cada tipo de pododermatite, viral, bacteriana, parasitaria (sarna), traumática ou Química. E também é importante ter consciência de que todas esses causas supracitadas podem ser a porta de entrada para bactérias, ou seja, uma sarna das patas pode se transformar em sarna mais infecção bacteriana o mesmo vale a paras os vírus, traumas, produtos químicos etc.
A condição nutricional também influencia muito, pois aves mal nutridas também estão susceptíveis a infecções de pele, principalmente com deficiência de vitamina A, ao mesmo tempo os excessos de vitamina A e de outros nutrientes também podem causar problemas de pele e favorecer o surgimento de infecções.
As más condições higiênicas das gaiolas e principalmente dos poleiro também podem ser causadores ou
facilitadores para o desenvolvimento de infecções nas patas. Os poleiros devem ser levados com água e sabão e desinfetados no fogo ou no forno a 200 graus por 20 minutos, assim como deve se evitar o uso indiscriminado de desinfetantes químicos nas gaiolas, criatórios e demais apetrechos. Os Antibióticos devem ser prescritos por profissionais competentes com base em exames de cultura e antibiograma feitos a partir de amostras coletadas de modo correto das lesões das aves afetadas. O conhecimento destes conceitos básicos é fundamental para que os criadores melhorem o desempenho de suas aves na criação e em campeonatos e desenvolvam uma canaricultura saudável e bem sucedida.


Agradecimentos.:
» Clube dos Psitacídeos®
» Dr. Bruno Pietroluongo
»» Medico Veterinário Especialista em Aves.
» Ilustração - Antonio Silva
► Criar é um prazer, preservar é uma Obrigação!

2 Comentários:

Yan Penido disse...

olá preciso se ajuda urgente meu pixarro não fica mais em pé só deitado,come normalmente só não fica mais em pé preciso saber q doença é essa,se tem cura pois no momento me encontro sem condições para leva-lo para uma consulta me ajude por favor

Unknown disse...

Minha calopsita está com pododermatite e gostaria de saber qual é o tratamento.

Postar um comentário

  ©Veterinário de Aves Exóticas e Silvestres. - Todos os direitos reservados.

Template by Clube dos Psitacídeos® | Topo