Artigo do Mês » Guia prático de Gerenciamento de Canaril

terça-feira, 27 de setembro de 2011

AS POMBAS SÃO "RATOS COM ASAS" ?

A pomba ou Rato ?
As pombas são animais da família COLUMBRIFORMES, descendentes de uma ave selvagem chamada pomba-das-rochas (Columba livia). São animais que possuem grande facilidade para se reproduzirem e se adaptarem à dietas. Vivem na média de 20 a 30 anos, são monogâmicos e, todo período repordutivo, "botam" 2 ovos que levam de 14 a 18 dias para chocarem. Por falta de um predador eficiente e pela grande oferta de comida nas ruas e estabelecimentos, elas tornaram-se um problema em nossos centros urbanos, levando ás pessoas acreditarem que seriam grandes problemas na saúde pública.
Bom, essas pessoas não estavam erradas, mas também não estavam 100% certas. As pombas podem transmitir algumas doenças sim, mas não a ponto de serem desprezadas, repudiadas e mortas. A comparação pública das pombas em relação aos ratos não pode ser levada ao pé da letra. 
Em primeiro lugar, a doença mais citada pelos médicos e autoridades da saúde: a TOXOPLASMOSE. Queridos leitores, leiam isso e deixem impregnado em suas mentes: pombas só podem transmitir toxoplasmose se a comermos mal-passada. Não eliminam o agente pelas fezes, urina, sangue, nada! Portanto, se você adquiriu a doença, é porque manipulou fezes de gato que estavam em contato com o ar pelo menos por 24 horas, e não lavaram as mãos antes de comer um lanchinho.
Portanto, foi falta de higiene.
Agora tem uma doença que eu considero importantíssima e que, com raras exceções, os médicos nunca detectam. É a CRIPTOCOCOSE. É um fungo que o ser-humano adquire quando inala o agente esporulado das fezes ressecadas das aves, especialmente das pombas. Isso é mais comuns em casas antigas onde existem as calhas enormes que precisam ser limpas frequentemente. Pode acontecer também com criadores de pombos ou com pessoas que utilizam fezes de pombos como adubo. Essa doença provoca um sintoma respiratório sério e meningite, que vai ser mais grave nas pessoas com imunidade problemática (aidéticos, idosos, crianças ou pessoas que fazem quimioterapia). Por conta dos médicos serem desinformados em relação ás zoonoses e nunca diagnosticarem, não entram com a medicação correta e a pessoa vêm á óbito. 
Essa doença pode também acontecer com outros animais, mas nunca vai passar de humano para humano ou diretamente dos animais para os humanos. A maneira mais eficaz de se proteger contra essas doenças é mantendo a higiene nos locais onde há fezes de pombos, utilizar máscaras ao manipular dejetos delas e ventilar bem o local antes de entrar e respirar fundo!
É considerado crime por Lei mau-tratar ou matar esses animais, portanto criem o hábito da higiene, da máscara e da auto-instrução. Assim, nós teremos a chance de passar a informação correta para frente e esses animais terão a chance de se defender.

1 Comentário:

Anderson Ribeiro de Barros disse...

Excelente artigo. Cheguei aqui porque preciso de adubo orgânico e quis tirar proveito do excesso de pombas no meu telhado. Como moro a dois quilômetros de qualquer centro urbano, pensei que poderia mais seguro a manipulação de fezes de pombas, mas ainda tenho receio.

Postar um comentário

  ©Veterinário de Aves Exóticas e Silvestres. - Todos os direitos reservados.

Template by Clube dos Psitacídeos® | Topo